Os salesianos de Dom Bosco chegaram ao Brasil, em Niterói, no dia 14 de julho de 1883. O número de salesianos e de obras fundadas pelos salesianos cresceu consideravelmente. Atualmente são seis Inspetorias ou províncias cujas sedes estão em Belo Horizonte, Campo Grande, Manaus, Recife, São Paulo e Porto Alegre. A Inspetoria São João Bosco, com sede em Belo Horizonte, quis celebrar o centenário com a criação do Centro Salesiano de Documentação e Pesquisa (CSDP) na cidade de Barbacena. Este empreendimento foi confiado, em 1981, ao Pe. José Vieira de Vasconcellos, que tinha sido eminente membro do Conselho Federal de Educação e era Professor na Universidade Nacional de Brasília (UnB). Ele procurou despertar o interesse dos salesianos para cooperarem na doação de documentos que servissem para preservar a história dos salesianos no Brasil. Com sua dedicação conseguiu reunir e organizar um acervo expressivo para sua inauguração, com a presença do Reitor Mor dos Salesianos, P. Egídio Viganò, no dia 28 de julho de 1983, fazendo parte dos festejos do Centenário da chegada dos salesianos no Brasil.
O Pe. José Vieira de Vasconcellos dirigiu o CSDP até a sua morte ocorrida 18/03/1993, quando foi substituído pelo Pe. João Duque dos Reis, que continuou os trabalhos de desenvolvimento do Centro até 1997. O Pe. Alfredo Carrara de Melo assumiu a direção, dando um grande impulso na organização do acervo: foi adotado o sistema decimal na classificação do acervo; a catalogação foi feita no computador, com a possibilidade de acesso pela internet; adotou sistema de preservação e catalogação do acervo de fotografia, zelou pela conservação do acervo usando técnicas de imunização e controle da luz solar; ampliou consideravelmente a capacidade de armazenagem. Em 2010 assumiu a direção o Pe. Ilário Zandonade; Pe. Alfredo Carrara continua trabalhado no Centro como Assessor.
O Centro Salesiano de Documentação e Pesquisa (CSDP) já possibilitou a documentação para muitas pesquisas históricas, principalmente de história Salesiana no Brasil e de biografias de salesianos.
Entre os pesquisadores podemos ressaltar Riolando Azzi e o Pe. Antônio da Silva Ferreira que permaneceu no CSDP de 1999 a 2009 fazendo pesquisas, publicando artigos e livros e ministrando palestras e cursos de salesianidade.
Destacamos americanos que fizeram estudos de antropologia indígena da Amazônia consultando também o acervo do CSDP. Vários estudantes de pós-graduação fizeram suas teses servindo-se de fontes existentes aqui.
Confira mais sobre a história do Centro Salesiano de Documentação e Pesquisa assistindo o documentário a seguir.